terça-feira, 28 de abril de 2015

As Mil Faces do "Sistema"



No varejo:
“O sistema está fora do ar!”, “Temos que aguardar a informação entrar no sistema.”, “Senhor, o sistema não permite parcelar em mais veze.”, “ Hoje o sistema está leeentoooo...”, “ O sistema não reconheceu essa operação.”, “ Vamos ver se o sistema aceita?”.

No atacado:
“O sistema previdenciário está falido.”, “O sistema financeiro pode não aguentar mais uma crise.”, “O sistema carcerário está esgotado.”, “O sistema de abastecimento hídrico precisa ser redimensionado com urgência.”.

No individual:
Entre um e outro, é capaz de nosso sistema nervoso entrar em colapso e o sistema respiratório apresentar graves alterações, comprometendo todo o sistema  circulatório.

Talvez todos os “sistemas” sejam, na verdade, um só, integrados entre si, ora interdependentes, ora redundantes, ora coincidentes, ora surrealistas. Todos pressionando, ameaçando e atormentando o pobre homem, que criou alguns, herdou outros direto do Todo Poderoso e arruinou outros tantos. Coisas do “sistema” vigente, fazer o que?

Altino Farias, em 28/04/2015


ATENÇÃO:

os textos deste blog estão protegidos pela lei nº 9.610 de 19/02/1998. Não copie, reproduza ou publique sem mencionar os devidos créditos. 

terça-feira, 21 de abril de 2015

Três Tons de Cinza


Viva moderadamente e viverá muito e bem. A moderação é uma virtude sublime.

Coma somente o que seu corpo precisa.

Seja moderado no amor, pois tudo de mais, ou de menos, é veneno.

Dirija devagar, apreciando a paisagem que se desloca lenta e previsível pela janela do carro.

Ventanias? Fuja delas, podem ser devastadoras. Prefira as mais suaves brisas da tarde. 

Roupas coloridas chamam atenção, e mais que três tons de cinza é pura extravagância. 

Cuidado com o prazer, muitas vezes ele aprisiona, sabia? 

Beber? Ah, um bom suco de frutas é sempre bem vindo... E muita água! 

Amigos: muito cuidado com as decepções. Melhor acautelar-se. 

Vivendo assim, a certa altura você vai se perguntar: “Será que eu morri, ou nem sequer nasci?”, e, então, eu vou lhe responder, também perguntando: 

ISSO REALMENTE FAZ ALGUMA DIFERENÇA PARA VOCÊ? 


Pedro Altino Farias, em 15/04/2013

ATENÇÃO: 
os textos deste blog estão protegidos pela lei nº 9.610 de 19/02/1998. Não copie, reproduza ou publique sem mencionar os devidos créditos.